Principais Causas da Disfunção Erétil

Principais Causas da Disfunção Erétil

Para o homem ter uma ereção normal e mantê-la por tempo adequado durante uma relação, é preciso o bom funcionamento de veias e artérias. A ereção ocorre basicamente pela irrigação sanguínea. Por essa razão, uma das causas para a disfunção erétil pode estar ligada a problemas vasculares. Arteriosclerose e diabetes são as doenças que mais comumente podem ocasionar esse problema.

consumo excessivo de álcool, o uso de drogas e o tabagismo também contribuem para a disfunção erétil. Também o uso de determinados medicamentos podem trazer o sintoma e tornar o diagnóstico mais complexo. No caso de remédios, procure imediatamente seu médico e relate a situação antes mesmo de interromper a medicação.

Há, porém, o fundo psicológico como causa dos problemas de ereção. Problemas emocionais podem causar distúrbios como ejaculação precoce ou perda de ereção. Quando o homem passa por essa situação, a experiência pode ficar gravada na mente e o medo do fracasso em uma próxima relação pode repetir a ocorrência. Nesse caso, nem sempre o medicamento é a solução. O próprio urologista poderá encaminhar o paciente para o tratamento psicológico que poderá envolver desde a terapia do casal até exercícios de auto controle e de recuperação da auto-estima.

Ainda no âmbito emocional, outras situações podem resultar na disfunção erétil: conflitos familiares, perda de emprego ou de posição social, separação ou morte da parceira, traição. É preciso primeiro descobrir as causas para adequar o tratamento.

Medicamentos para a disfunção erétil

Existem vários medicamentos para o problema de disfunção erétil, de uso oral ou aplicação intracavernosa. Mas para qualquer tipo de tratamento, é preciso consultar um médico especialista. Na existência ou não de outras doenças, os remédios podem trazer reações adversas das mais variadas, podendo ir desde náuseas, vômitos, cefaléias, desmaios até morte.

Outros tratamentos

Existem ainda os dispositivos de ereção que são aplicados ao redor do pênis com mecanismo a vácuo que causa a ereção. Dependendo do caso, o paciente poder ainda recorrer ao implante de prótese cuja taxa de sucesso é discutível. Em geral, a ocorrência de falhas nas próteses geram a necessidade de uma nova cirurgia o que não garantirá o pleno funcionamento.

Há também uma situação rara, mas possível que é o tratamento a partir de hormônios. Isso dependerá da avaliação médica e das causas do problema.

Cuidados

Muitos anúncios de venda de medicamentos para disfunção erétil aparecem na internet. Nunca compre dessa forma muito menos sem avaliação médica. Nem sempre o que é anunciado na internet é verdadeiro. Os laboratórios certificados não vendem seus remédios dessa maneira. Desconfie da facilidade e fuja das armadilhas. Sua saúde poderá ficar em risco.

Leave a Reply