Como Controlar a Ejaculaçao Precoce

Como Controlar a Ejaculação Precoce

O assunto ainda é um tabu. Qualquer homem que enfrente alguma disfunção que possa atrapalhar o seu desempenho sexual sofre uma série de cobranças, inclusive, de si próprio. Um dos problemas mais comuns refere-se à Ejaculação precoce que, de acordo com estimativas, acomete um em cada três homens.

Essa condição pode tornar-se preocupante quando passa a ser recorrente, ou seja, o paciente não consegue manter a ereção por muito tempo, atingindo o orgasmo de forma muito rápida.

Em geral, ocorre durante a puberdade, devido à natural falta de experiência, que agrega tensão ao sexo. Com o passar dos anos, o homem vai aprendendo a controlar sua ansiedade, desempenho e inibição e o problema pode voltar a acontecer em casos isolados. No entanto, há indivíduos que podem enfrentar esse tipo de distúrbio mesmo na fase adulta e, em geral, o problema está associado à permanência de um nível elevado de ansiedade.

É importante buscar ajuda especializada para encarar o transtorno que pode provocar disfunção erétil. Em muitos casos, a indicação de medicamentos pode ser paliativa, afinal se o problema está associado à ansiedade fica muito claro que reprogramar a mente é um desafio importante a ser perseguido.

O que provoca a Ejaculação precoce

Especialistas confirmam que, em 99% dos casos, acontece devido a uma produção excessiva de adrenalina, o hormônio do estresse, que se se manifesta durante a excitação e vai aumentando até o indivíduo praticar o ato sexual. Desse modo, se o nível de adrenalina for muito elevado, é provável que a ejaculação aconteça mais rápido.

Com isso, em muitos casos, o homem não sabe como controlar a ejaculação precoce e não consegue satisfazer a pessoa que está envolvida no sexo com ele, podendo causar constrangimento nessa relação. É importante destacar ainda que, quando a Ejaculaçao precoce se manifesta repetidas vezes, mais ansioso o indivíduo fica, tornando ainda mais difícil controlar a ansiedade e, automaticamente, o orgasmo.

Também existem fatores biológicos que podem causar o problema, como níveis hormonais em desequilíbrio, atividade anormal do sistema ejaculatório, distúrbios tireoidianos, detecção de algum tipo de inflamação ou infecção localizado na próstata e na uretra, danos provocados por cirurgias e até questões genéticas. Por isso, uma avaliação médica é essencial para diagnóstico exato e indicação de um tratamento correto.

Técnicas que ajudam a controlar o problema

O paciente que enfrenta o problema de Ejaculação precoce precisa aprender a controlar a resposta ejaculatória. Uma alternativa é iniciar o tratamento, treinando a atividade sexual sem penetração. É importante que o indivíduo aprenda a se tocar, serem tocados, controlando a adrenalina, mantendo a ansiedade equilibrada, para que a penetração aconteça sem a ejaculação.

Portanto, para vencer este transtorno, é fundamental que o paciente esteja determinado a enfrentá-lo. Outra dica que pode ser importante neste processo de recuperação do sistema sexual, está em aprender como se masturbar de forma correta. Afinal, essa prática feita de forma equivocada, durante muito tempo, pode levar ao surgimento do problema que é classificado em duas categorias: primário e secundário.

Primária e Secundária

Primária

A primária pode ser caracterizada por situações recorrentes, como dificuldade em manter uma ereção com menos de um minuto de penetração, incapacidade de  segurar a ereção durante o ato sexual, além de estresse e frustração que podem fazer com que o indivíduo comece a evitar se relacionar sexualmente.

Secundária

Já a secundária, em geral, pode apresentar os mesmos sintomas da primária, em situações pontuais. Nesse caso, o paciente mantinha relações sexuais satisfatórias, sem que tais sintomas pudessem ser identificados, mas em algum momento, eles passaram a se manifestar desencadeando o transtorno.

O tempo de uma ejaculação normal deve ter, em média, cinco minutos. O problema pode ser detectado quando a ejaculação acontece no primeiro minuto do ato sexual, às vezes, antes mesmo de ocorrer a penetração.

Sugestão de Como Controlar a Ejaculaçao Precoce

A melhor maneira de controlar a ejaculação precoce, é utilizando um método caseiro e natural, que vai resolver o seu problema de uma vez por todas e não vai causar nenhum mal à sua saúde!

Conheça o método:

Ejaculação Precoce Solução

Leave a Reply